Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘beber’

Eu simplesmente não tenho culpa do meu nariz adormecer quando eu fico bêbada. Acho super válido que as pessoas dêem risada da minha cara quando eu conto isso, afinal eu super zuaria a pessoa que me contasse isso, mas é simples assim: não é minha culpa.

Eu só conheço uma outra amiga minha da faculdade que dizia passar pela mesma coisa. O que me faz entrar numa saga em busca de pessoas que tem reações estranhas à bebida, não vou dizer em busca do nariz adormecido, pq isso é estranho e não acredito que aconteça com muitos, mas acho válido dividir as experiências bizarras com outras pessoas. Afinal, quem não bebe não tem história.

Todo amigo meu, que já foi pra um bar comigo e já me viu tomar todas, sabe que, em determinado ponto do evento, eu irei pegar o meu dedo indicador direito, encostá-lo na ponta do meu nariz e dizer, rachando o bico: “Meu nariz ta dormindo”.

Isso vai se repetir inúmeras vezes, até que eu perca total consciência do que está acontecendo….o nariz adormecido é apenas o primeiro indício de que o álcool está se espalhando…..

Mas, há muito tempo não fico tão bêbada assim….o que me faz convidar a todos pra tomar umas. E ai?? Vamo aê???

Read Full Post »

Eu acho bonito ver a evolução humana, como conseguimos nos adaptar às mais diferentes mudanças que ocorrem, somos praticamente camaleões. Pensei justamente nisso ao ler a notícia sobre a blitz em shoppings que Didirix postou junto a tantas outras no post abaixo.

Fiquei me lembrando que quando começou esta história de lei seca todo mundo reclamou até não poder mais, ou seja passamos pelas quatro fases da aceitação: negação, revolta, tristeza e aceitação. Na negação a galera saia dirigindo bem louca por aí até comprovarem que SIM, seriam presos. Na segunda etapa, a revolta, neguinho começou a se negar a fazer o teste do bafômetro e concluía que dava merda do mesmo jeito. Aí vinha a terceira parte, a tristeza, pessoal deprimido trancado em casa nos finais de semana. Até chegar na quarta etapa: aceitação! Encaravam os bares sem álcool mesmo e revezavam com os amigos a bebedeira.

Mas, como somos brasileiros e reagimos, não desistimos nunca, damos sempre os nossos jeitinhos, e começamos a encher a cara em locais inusitados, como shoppings! Alternando uma comprinha e outra com um belo copo de chopp. Justamente por isso os “homi” vão fazer blitz por estes lados também. Pensando nisso vamos inovar!

Acredito que agora o pretinho básico da night, a tendência, será beber em locais inusitados:

– beber em parques infantis seria perfeito, que guarda se daria ao trabalho em fazer blitz em porta de parquinhos, circos e afins?

– beber na exposição sobre Bossa na Oca, só assim pra aturar João Gilberto, nem os guardas aguentariam e largariam uma blitz nas redondezas.

– beber na igreja, entrar na fila da hóstia umas 15 vezes, pedindo pro padre caprichar no mergulho da mesma no vinho. Ficaria triloco e não passaria pela blitz.

Enfim, eu dei minhas sugestões, e as suas, quais seriam?

Read Full Post »